Dicas para viajar com segurança e inteligência

Use o networking social
Não reinvente a roda, entre em contato com pessoas que viajaram. Converse com pessoas de outros países sobre a acessibilidade lá.

Envie os itens com antecedência
Você terá menos coisas para transportar durante a viagem se enviar itens necessário, como suprimentos médicos, para o hotel com antecedência.

Leve com você

Leve um suprimento de 2-3 dias dos medicamentos necessários a bordo ao voar, não apenas na bagagem despachada, caso a bagagem seja perdida.

Peça por escrito
Se um local alegar que é acessível a cadeiras de rodas, envie um e-mail (e obtenha uma resposta) informando todos os itens acordados para cada parte de sua jornada.

Peça por um banheiro decente
Qual é a largura da porta do banheiro, há um assento no chuveiro ou qual o tamanho do desnível que leva ao chuveiro, e qual o tamanho do chuveiro?

Leve um cuidador de casa
Você se sentirá mais confortável com alguém que conhece. Contratar um cuidador no destino também pode ser caro.

Traga a sua placa de estacionamento acessível
Você pode usá-la se alugar um veículo.

​Não recue

No balcão de check-in do aeroporto, seja firme com os agentes e diga que deseja sentar em sua própria cadeira de rodas até o portão.

Consiga assento no anteparo
Você não precisará se preocupar com a pessoa à frente ajustando o assento para trás e batendo nas suas pernas. Saiba que 50% dos assentos de corredor têm apoios de braços removíveis para realizar uma transferência lateral de cadeira para cadeira.

Mantenha-se hidratado
O ambiente a bordo de uma aeronave pode ser muito seco. É importante manter-se hidratado para evitar problemas médicos.

Conheça sua cadeira
Se estiver usando uma cadeira de rodas manual, ela poderá ser desmontada para ser guardada no avião.

Peça uma cadeira com encosto reto
Verifique se os funcionários da companhia aérea sabem que você precisa de uma cadeira com encosto reto para embarcar no avião. (É uma cadeira em L sobre duas rodas, usada para levar o passageiro até o assento, onde ocorre a transferência.)

Não fique preso no navio
Ao fazer um cruzeiro, pergunte sobre o acesso do navio aos barcos, chamados de “tenders” que levam os passageiros aos portos de destino.

Traga luvas
Ruas e calçadas podem estar sujas e machucar as mãos se você estiver usando uma cadeira manual.


Faça o download do Guia de Recursos para Paralisia da Fundação Reeve
Estamos aqui para ajudar

Nossa equipe de especialistas em informação tem a capacidade de responder a consultas e fornecer informações em mais de 170 idiomas.

Ligue para 800-539-7309

(Usuários internacionais, liguem para 973-467-8270)

De segunda a sexta, das 9h às 17h, horário do leste dos EUA, ou envie sua pergunta.